250 anos do Requerimento ao Rei Dom José

Em 23/11/2018 se comemorou os 250 anos do requerimento dos moradores dos Campos das Lages e cima da Serra de Viamão ao rei D. José, datado de 23/11/1768, solicitando ordem real para que o provedor da Fazenda Real de Viamão permitisse o transporte de cavalos, jumentos e gado para as fazendas da serra sem a cobrança dos provimentos do Registro. https://pioneirosdaslagens.wordpress.com/2016/10/28/requerimento-dos-moradores-dos-campos-das-lages-e-cima-da-serra-de-viamao-de-1768/

capa

Subscrevem o requerimento Francisco José de Brito, Antonio José Pereira(Fazenda Curitibanos) e Joaquim José Pereira(Fazenda Grande).

É um interessante tratado tributário, solicitando substituição tributária e isenção de tributação sobre insumos.

Este requerimento traz importantes informações sobre o fluxo da ocupação dos campos serranos, antes da fundação da vila de Lages.

Durante muitos anos procuramos sem sucesso documentação de aquisição(sesmaria ou escritura de compra) da Fazenda Grande pelo capitão Joaquim José Pereira.

Pelo requerimento ficamos sabendo que muitos pioneiros não adquiriram ou receberam sesmaria, mas tomaram posse de terras devolutas. Os requerentes também informam que tiveram que abandonar suas fazendas com a invasão espanhola de Rio Grande(23/04/1763).

Então a ocupação das terras devolutas da Fazenda Grande(Joaquim José Pereira) e Fazenda Curitibanos(Antonio José Pereira) ocorreu entre 23/04/1763(invasão espanhola) e 28/10/1766, quando já aparecem como moradores de Lages, no censo feito pelo capitão Pedro da Silva Chaves, a pedido do governador da Capitania do Rio Grande.

https://pioneirosdaslagens.wordpress.com/2014/09/20/a-polemica-fundacao-da-villa-das-lages-oficio-de-08011767-anexos-7-e-8/

Anúncios

Goiabeira Serrana Recordista

A goiaba serrana(Acca sellowiana), também conhecida como feijoa é uma fruta nativa das regiões de altitude do sul do Brasil. No início do século XX foram levadas mudas para a europa e de lá para a Nova Zelândia, que atualmente é o maior exportador desta fruta. https://pt.wikipedia.org/wiki/Feijoa

Nas áreas mais altas da serra catarinense é muito comum a existência das goiabeiras nativas.

A florada da última primavera foi farta e prenunciava uma produção record. Entretanto a estiagem provocou aborto de flores e frutos nas plantas nativas. https://fazendagrande.net/2017/12/25/deficit-hidrico-estacional/

DSC07276

Na sede da fazenda tem uma goiabeira serrana nativa com mais de 20 anos e cuja produção anual sempre surpreende. Nos períodos de estiagem sempre a irrigamos, como compensação ela segurou os frutos e deu uma produção record. Esta fruta é peculiar e quando fica madura ela cai, por isso coletamos diariamente os frutos maduros no chão.

Foram coletados 4.271 frutos desta goiabeira no período 01/03 a 28/04/2018, perfazendo mais de 200 kg. O auge da produção ocorreu entre 17 e 24/03/2018, período em que foram coletados mais de 200 frutos diariamente. A produção diária record ocorreu em 24/03/2018 quando foram coletadas 326 goiabas.

P_20180326_115634

Ano termina com déficit hídrico estacional

Inverno e primavera tradicionalmente são estações que proporcionam superávit hídrico na região onde está localizada a Fazenda Grande.

Infelizmente neste ano estas estações apresentaram forte déficit hídrico, prejudicando a recuperação das pastagens e o desenvolvimento normal das frutas de clima temperado.

O inverno terminou com déficit hídrico de 333 mm e a primavera com déficit hídrico de 160 mm. As duas estações acumularam um déficit hídrico de 493 mm, registrados nas medições realizadas no lago da Fazenda Grande.

Dados detalhados em Clima na Fazenda